Cálcio: qual a importância para a saúde dos ossos?




Dentre os benefícios do consumo de alimentos ricos em cálcio, como os lácteos, destaca-se o desenvolvimento e a manutenção óssea.

O cálcio é um mineral obtido através da alimentação, sendo o mais abundante no corpo humano e 99% desse mineral é encontrado nos ossos e nos dentes. Ele exerce funções estruturais e utiliza os ossos como reservatório, tornando possível a manutenção dos níveis de cálcio no sangue.

O esqueleto humano possui duas estruturas: o trabelular (parte esponjosa) e o cortical (parte compacta) e sabe-se que durante a formação dos ossos na infância e na adolescência, ambas as partes necessitam de cálcio. Ao longo dos anos, parte do esqueleto é remodelada, ou seja, substituída por um novo tecido ósseo, o que mostra a importância do cálcio em todas as fases da vida.

Na alimentação, esse mineral é encontrado principalmente no leite e iogurte, estando presente também nas variedades de queijos. Diferente de outros nutrientes, é possível consumir a quantidade diária necessária através da alimentação, sem necessidade de suplementação.

Ao consumir alimentos ricos nesse nutriente, é interessante evitar que no mesmo prato tenha ingredientes com ácido fítico (leguminosas que não foram deixadas de molho, sementes e castanhas), ferro (carnes e feijão) e a cafeína (café), uma vez que a interação desses nutrientes pode prejudicar a absorção de cálcio no intestino.

Além disso, o transporte do cálcio dentro do nosso organismo depende da presença da vitamina D. Apesar de presente nos alimentos, essa vitamina tem maior captação através da exposição sem proteção ao sol, em torno de 15 minutos por dia.

Dessa forma é crucial a presença de cálcio e vitamina D na dieta, tanto para formação como manutenção da saúde óssea, garantindo maior qualidade de vida e evitando doenças como a osteoporose.

Referência bibliográfica:

Silva ASGH, Cozzolino SMF. Cálcio. In: Biodisponibilidade de Nutrientes – 3. ed. Atual. E ampl. – Barueri, SP: Manole, 2009:513-541.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica, and Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. “Guia alimentar para a população brasileira. ” (2014).



Compartilhe com seus amigos




4 gostei


Qual é a melhor manteiga para intolerantes à LACTOSE

Dentre tantas opções no mercado, a manteiga zero lactose se destaca como a melhor opção para quem tem intolerância ao açúcar do leite.